Início

2010 Allez avec Dieu

 

 

Como resumir em um ou dois parágrafos um ano inteiro? Como montar uma lista de coisas boas e ruins? O que é bom ou ruim? O que eu ganhei e perdi? 2010 foi um ano de perguntas, de tentativas, erros e alguns acertos. Um ano para pensar, pensar que a razão pode não ser lógica. Pensar que a lógica, o LOGOS, é humano, frágil, medroso, imperfeito, covarde e irracional. 2010 foi cruel, foi Nietzsche, Marx, Durkheim, Maquiavel, Hegel, Locke, Rousseau, Boas, Levi-Strauss, Malinowski, 2010 foi cruel. O que pensar de 2010?

2010 foi um ano para pensar. Pensar sobre amigos, família, trabalho, cinema, futuro. Ganhei dois filhos, perdi dois amigos, perdi dinheiro, ganhei tempo, perdi a paciência, ganhei sapiência, perdi concretudes, ganhei desilusões. Nietzsche desiludiu minhas verdade, Marx o meu trabalho, Durkheim minha função, Maquiavel minha virtude, Hegel minha liberdade, Locke minhas cercas, Rosseau minha bondade, Boas minha masculinidade, Strauss meus preconceitos, Malinowski minha sociedade.

Nesse 2010 assisti os dois melhores shows da minha vida e perdi um mestre cego. As melhores coisas se acabam. Plantei tempero e vi Jean Rouch, continuei engolindo água a cada braçada e inalando fumaça involuntário, tentei consertar e quebrou, comprei e me arrependi, alimentei os gatos e vi Cassavetes, ganhei beijos, dei carinho, abri processos que foram arquivados, decidi viver em trânsito, observei a mulher que amo sorrir e chorar, bebi com amigos, torci por eles. fiquei em silêncio, pintei um quadro e vi Godard.

2010 Allez avec Dieu, que venham os Russos.

Comentários (1) | Adicionar como favorito (351) | Publique este artigo no seu site | Visto: 1083

Última Atualização ( 31 de dezembro de 2010 )
Documentário Atrás da Porta

Comentários (3) | Adicionar como favorito (347) | Publique este artigo no seu site | Visto: 1581

O que você não vê na sua TV

William Bonner ou Waack criam campanha pela moralização dos morros cariocas ocupados.

Devido à ausência do Estado por anos nessas comunidades, nós cidadão de bem, que preservamos nossos valores de bons cristãos, devemos cobrar de nossos governantes, maior efetividade ética para com nossos irmãos favelados. Essas pessoas passaram por situações, praticamente, de guerra e carcere privado durante toda sua existência. O Estado só enviava as forças arbitrárias da guerra para aqueles locais. Hoje, povo brasileiro, devemos nos unir, sair às ruas para exigir que o Estado democrático brasileiro faça sua restituição histórica, para com nossos irmãos favelados.

Se este mesmo Estado usou como desculpa a presença do tráfico para justificar sua ausência, hoje livre desse mal, que assola toda nossa sociedade, saiamos às ruas, cobraremos que sejam realizadas profundas modificações nessas regiões tão abandonadas, desoladas do nosso país. Vocês já imaginaram o grande potencial para especulação imobiliária e geração de empregos que existem nesses locais? Devemos abrir mão, claro que momentaneamente, de parte da verba de segurança, já que os bandidos estão mortos ou desarticulados, e exigir que este investimento seja plenamente e rapidamente direcionado para habitação, saúde, educação e por que não segurança nessas favelas cariocas tão prejudicadas historicamente.

É de bom coração cristão, nós que defendemos a moral e a ética de nossa sociedade, que pedimos caridosamente a você nosso telespectador amigo, saiam às ruas, todos de mãos dadas, unidos somos fortes, levantem suas bandeiras e cobrem do Estado essa reparação. Aquelas pessoas que passaram por momentos difíceis, nos morros, nas favelas, são pessoas de bem, homens e mulheres trabalhadoras do nosso Brasil. Vamos demonstrar para o mundo inteiro por que o brasileiro é um povo feliz, caridoso e amável. Por que nossa copa do mundo será a melhor copa do século. Nós, William Waack e William Bonner, acreditamos no povo brasileiro e pedimos paz e fraternidade. Unidos somos 190 millhões de dignos cidadãos, lutando juntos por um país de todos.

Para frente Brasil.

Comentários (3) | Adicionar como favorito (333) | Publique este artigo no seu site | Visto: 1170

Dia do Cinema

Paris, 3 de Dezembro de 1930, nasceu o cinema.

Seja o primeiro a conmentar este artigo. | Adicionar como favorito (337) | Publique este artigo no seu site | Visto: 1011

Shirin Neshat

 

 

Seja o primeiro a conmentar este artigo. | Adicionar como favorito (336) | Publique este artigo no seu site | Visto: 1130

Se ah Algum Deus lá fora,Que Ele me traga Sapatos Novos

Após amigo sobreviver a grave acidente, artista plástico resolve colher depoimentos em vídeo sobre o que é o milagre, quando ele se depara com Deus e seus pensamentos existencialistas.

Seja o primeiro a conmentar este artigo. | Adicionar como favorito (341) | Publique este artigo no seu site | Visto: 961

Última Atualização ( 25 de novembro de 2010 )
<< Início < Anterior 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 Próximo > Fim >>

Resultados 71 - 77 de 261